Tartar de beterraba – Dona Benta.

Livros de culinária, Receitas, Salada
23/10/14

E não é que a senhorinha surpreendeu com essa receita? Pensando que a Dona Benta fosse só o básico, tradicional, estava eu folheando o livro quando me deparei com esse tartar. Na hora fiquei com água na boca e a vontade era de correr pra cozinha pra preparar. Só que ainda tinha que comprar os ingredientes.

Ingredientes comprados, fui em frente e adorei o resultado. Uma delícia de prato, ótimo para o verão, dá pra fazer uma apresentação bem bonita e impressionar os convidados, hehe. Eu podia ter caprichado mais no visual, só que não tive tempo mesmo.
O lado prático dessa receita é que dá pra deixar pronta pra servir no dia seguinte sem nenhum prejuízo.
O único senão: não consegui seguir tão à risca, tive que dar o meu toque no tempero (veja na lista de ingredientes que acrescentei algumas coisas). A beterraba é doce, então tem que temperar bem mesmo.

Bom, chega de blá blá blá e vamos ao que interessa:

Tempo de preparo
: 30 minutos + 90 minutos para assar as beterrabas
Grau de dificuldade: médio (achei médio porque tem que ficar acertando os temperos)
Rendimento: 3 porções

INGREDIENTES
500 gramas de beterraba
1 cebola pequena (eu acrescentei um pouco mais)
2 pepinos em conserva picados finamente (eu coloquei mais 3)
1 colher (sopa) de maionese (coloquei mais 1/2 colher)
3 colheres (sopa) de alcaparra picadas
1 colher (chá) de molho inglês
1 colher (sopa) de suco de limão (pus mais 1/2 limão espremido)
2 colheres (sopa) de salsinha picada
Gotas de pimenta vermelha
Sal e pimenta do reino
Acrescentei uma colher (sopa) de mostarda dijon

Tentativa frustrada de fazer um Mise en Place divertido:
foto 2
MODO DE FAZER
Asse as beterrabas em forno médio por cerca de 90 minutos. Descasque-as, corte cada uma em pedaços pequenos e passe no processador, até obter uma textura de carne moída grossa.
Junte todos os ingredientes e mexa delicadamente. Quando finalizei a receita do papel, fui acertando os temperos. Não coloquei pimenta porque não sabia se meus filhos iriam experimentar.

O livro indica, para a apresentação, colocar um aro de 10cm no centro de cada prato, encher com o tartar e remover o aro. Como eu não tenho o tal aro, improvisei com a técnica abaixo que conheci em uma palestra on-line do blog limão com alecrim:

santomenu-tartardebeterraba8
santomenu-tartardebeterraba1
santomenu-tartardebeterraba10
santomenu-tartardebeterraba4
santomenu-tartardebeterraba7
Montei também um outro prato que achei que ia ficar mais bonito:
santomenu-tartardebeterraba2
Testou a receita? Gostou? Conte aqui nos comentários e compartilhe com o Santo!
Marque @santomenu no instagram ou envie uma foto por e-mail para joana@santomenu.com.br Vamos adorar!

POSTS RELACIONADOS


  1. Luciana Lucas Em 06/02/2015

    uau essa impressiona num jantar, hein???

    Responder
  2. Pingback: Santo Menu » Tartar de atum com abacate