Sopa de batata-doce com creme de coco – Bela Cozinha.

Livros de culinária, Receitas, Sopa
19/03/15

Quinta-feira e mais uma receita do livro do mês Bela Cozinha, da Bela Gil. A primeira que fiz, Salada de Quinoa com Ervilha, ficou boa, mas sem surpreender. A segunda, das Batatas Fritas (que na verdade são assadas) foram sucesso absoluto, tanto que já fiz outras vezes.
Mas preciso confessar que estou tendo dificuldade de escolher as receitas. Algumas simplesmente não me atraem, e outras contêm ingredientes não muito comuns ou difíceis de achar. Enfim, no final do mês faço um post contando em detalhes minha opinião.

A sopa de hoje ficou boa, mas confesso que não correspondeu à minha expectativa. Fui atraída pela apetitosa foto do livro, e a realidade ficou bem diferente. Não sei se fiz alguma coisa errada, mas implico com receitas que não cumprem o prometido. O creme de coco que vai sobre a sopa não ficou como deveria.
A Bela Gil fala pra bater coco ralado com água de coco e eu bati MUITO, mas nada de formar um creme, ficou bem pedaçudo. Não que tenha ficado ruim, mas não consegui uma apresentação tão charmosa.

E o sabor, tão ou mais importante que o visual, ficou ótimo, mas puro cravo-da-índia. Ou seja, se eu fizer de novo essa receita, que é possível que faça, já que ficou boa, vou tirar ou, ao menos, diminuir esse ingrediente.

Tempo de preparo: 30 minutos
Grau de dificuldade: fácil
Rendimento: 4 porções

INGREDIENTES:

  • 4 batatas-doces pequenas
  • 5 cenouras
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva extravirgem
  • ½ cebola picada
  • 3 colheres (chá) de gengibre picado
  • 1 colher (chá) de sal marinho (usei sal normal mesmo)
  • 5-10 cravos da índia (coloquei 7 e ficou muito, colocaria 2 ou 3)
  • 1 colher (café) de canela em pó
  • água para o cozimento
  • 1 copo de coco ralado seco
  • 1 copo de água de coco

MODO DE FAZER:

Descasque as batatas-doces, lave as cenouras e corte todas em pedaços médios.
Aqueça o azeite em uma panela e refogue a cebola e o gengibre por alguns minutos, até começarem a dourar. Acrescente os legumes picados, o sal, os cravos-da-índia e cubra com água.
santomenu-sopabatatadocebelagil
Assim que ferver, tampe a panela e deixe cozinhando por 20 minutos.
Depois desse tempo, os legumes deverão estar macios. Espere esfriar um pouco e bata no liquidificador com a água do cozimento (verifique a consistência, se achar que não é o caso, não precisa colocar toda a água).
Volte a sopa para a panela para esquentar.

Enquanto isso, bata o coco com a água de coco no liquidificador. De acordo com a receita, você deve bater até formar um creme, maaaas, eu bati, bati e bati e nada de isso acontecer. Ficou super pedaçudo e bem longe de corresponder à foto do livro. Fiquei meio com a sensação de que não testaram a receita mas, enfim, mesmo pedaçudo deu um toque legal à sopa.

bela gil bela cozinha creme de coco sopa de batata doce santo menu
Sirva a sopa em cumbucas e coloque uma colherada do creme de coco por cima.

santomenu-sopadebatatadocebelagil1
Alguma receita legal pra compartilhar? Ou dica, sugestão? Conte nos comentários ou mande por e-mail para joana@santomenu.com.br vou adorar!

 

POSTS RELACIONADOS


  1. Vivian Em 31/05/2015

    Testei hoje a receita e não consegui fazer o creme de coco também.

    Responder
    • santomenu Em 02/06/2015

      Que bom saber que não sou só eu!! Obrigada por compartilhar isso com a gente, rsrs
      Bjs.

      Responder
  2. Soledad Em 18/06/2015

    Meninas, boa tarde! Já descobriram qual o segredo para fazer o creme de côco bem homogêneo? Esse creme de cocô é usado em várias receitas e, nunca fica pastoso e consistente como nas receitas… Obrigada!

    Responder
    • santomenu Em 19/06/2015

      Soledad, não consegui descobrir mesmo!! Já me disseram para usar coco fresco, ralado na hora, e não testei, mas acredito que não vá fazer diferença…
      Só a Bela Gil consegue!!! Rs
      Bjs

      Responder
  3. Soledad Em 21/06/2015

    Pedir a Bela pra ensinar pra gente! Rs… ;,*

    Responder
  4. Tati Em 22/06/2015

    Qual coco você usoi!? Aquele verde ou marrom?

    Responder
  5. Tati Em 22/06/2015

    e a água de coco?

    Responder
    • santomenu Em 22/06/2015

      Água de coco de caixinha mesmo, não me lembro qual a marca!

      Responder
  6. Tati Em 23/06/2015

    Creio que se fizéssemos o leite de coco previamente e fervêssemos conseguriamos essa textura. Fiz essa receita ontem e ficou divina!

    Responder
    • santomenu Em 23/06/2015

      Hummm, será? Bom, se eu tentar, te conto, e se você tentar, volta aqui pra dividir com a gente, combinado? Bjs, Joana.

      Responder
  7. Pingback: Santo Menu » Menu semanal – 13 a 17 de julho.

  8. Zi Em 16/07/2015

    Usar o coco fresco faz uma super diferença ! Se for usar o seco é bom deixar ele hidratando de um dia para o outro que ele dissolve melhor 😉

    Responder
    • santomenu Em 03/08/2015

      Pode ser uma boa deixar hidratando mesmo, Zi! obrigada pela sugestão.

      Responder
  9. Paula Em 24/09/2015

    Tenteu fazer esse creme de coco com coco fresco para outra receita. Também não funcionou!!!!

    Responder
    • santomenu Em 24/09/2015

      Paula, acho que só a Bela Gil mesmo pra contar o segredo pra gente! rsrsrs
      Obrigada pelo comentário 😉

      Responder