Nossa despedida do Panelinha.

Livros de culinária
07/08/15

Passadas as férias (como previsto, o blog deu uma desacelerada), vamos voltando ao ritmo normal e, ao poucos, vou trazer várias novidades.
Mas esse post é o que ficou faltando para fechar o Panelinha, nosso livro dos meses de junho e julho.

Foram tantas as receitas e dicas bacanas que não consegui tempo pra dividir nem metade com vocês. A sensação que dá é que são “receitas que funcionam” mesmo, como o próprio livro diz. O modo de fazer é tão claro que todas parecem simples. Os ingredientes são fáceis de achar e o preparo, em geral, é rápido.
Sem contar as dicas e pequenos truques culinários que podem revolucionar  vários hábitos na cozinha.

As dicas de aperitivos e sugestões de combinações para preparar massas (e outros pratos) já deixei salvas para consultar sempre.

Das receitas que testei, todas agradaram muito e algumas viraram vício, como a Bazargan, a tal salada secreta de trigo.

Sem palavras para o Fettuccine Alfredo nível jardim de infância de dificuldade e cujo único defeito é que não é nada light.
A Cocotte de Aspargos foi uma sensação e ainda trouxe ideias para várias outras cocottes que surpreendem sem gastar 10 minutos do nosso tempo.

Só elogios, e digo mais: de todos os livros que postei aqui, sem sombra de dúvida é, disparado, o que mais gostei. E também sem sombra de dúvida é o que recomendo para todos, desde os iniciantes nas artes culinárias até os velhos de guerra.  Todo mundo tem que ter.
É o Dona Benta dos tempos atuais, a bíblia da culinária moderna.

Encerramos aqui, então, o nosso querido Panelinha.
E aguardem: breve, o post do livro do mês de agosto que, já adiantando, a Autora, assim como a Rita Lobo, é de matar de inveja de tanta beleza.

santomenu-panelinha2

POSTS RELACIONADOS


  1. Pingback: Santo Menu » Na Cozinha com Carolina – livro do mês.

  2. Pingback: Santo Menu » Livro do mês – Tempero de Família