Arquivo da tag 'dicas'

9 receitas favoritas

Dia a dia
01/11/17

Aqui vai uma seleção das minhas 9 receitas favoritas do blog. O melhor de tudo: são todas fáceis e de poucos ingredientes. Uma boa inspiração para quem quer cozinhar no feriado.
Clique em cada uma para conferir:

1. GALINHA ENSOPADA
Do Rodrigo Hilbert, no livro Tempero de Família, 
eu favoritei desde o primeiro dia. Tão fácil que quando passei os olhos no livro achei que faltava alguma coisa… amei o resultado e já repeti várias vezes!


2. MOLHO MEL E MOSTARDA.
É da salada de todos os dias. Faço variações trocando o tipo de mostarda, o vinagre – ora faço com balsâmico, ora branco e às vezes com limão. Mas o molho nunca falta.

santomenu-melemostarda-honeymustard
3. Já fiz tantas vezes esse FRANGO FÁCIL, RÁPIDO e DELICIOSO que o pessoal aqui de casa teve que pedir “um tempo”. E já me serviu de inspiração para várias outras receitas.


4. HOMUS A JATO>
Da Rita Lobo, esse é figurinha de todos os fins de semana, sem exceção. Hoje cedo já fiz um monte para o feriado. Ah, e dá pra congelar!

Para comer com torradinha, com salsão, com alface, endívias…

5. CREME DE COGUMELOS.
Esse não tem erro, adoro e agora já não tenho feito tanto porque o clima esquentou e pede algo mais fresquinho. A parte mais chata e demorada é lavar os cogumelos.


6. CENOURAS ASSADAS.
Minha substituição da batata frita. Faz um tempinho que não faço e admito que quem gosta mesmo aqui em casa sou eu – as crianças não ligam muito. Mas vale a pena!


7. PALMITO CREMOSO.
Não poderia ficar de fora – uma das receitas mais fáceis e de sucesso garantido sempre. Pode confiar que não tem erro!

santo menu palmito cremoso receita
8. COUVE CROCANTE AO FORNO.
Outra que é tradição por aqui. Ainda mais quando voltamos do fim de semana carregados de couve da horta do sítio.


9. COUSCOUS DE COUVE-FLOR.
Mais uma da Rita Lobo. Adoro essa receita, além de saborosa é light. Faço uma versão com azeite e sal para as crianças. De todas da lista talvez seja a que dê mais trabalho – mas só porque suja o processador…


Preparou alguma delas? Conte pra gente nos comentários!
Compartilhe também dicas, receitas e sugestões!

POSTS RELACIONADOS


7 coisas que aprendi pesquisando para o Santo Menu e adorei

Dia a dia, Tudo Mais
23/02/16

Em 22 de setembro do ano passado o Santo Menu fez 1 ano e a data acabou passando batida. Depois veio a correria de fim de ano, férias, carnaval, e aqui está o post que queria ter publicado lá no aniversário do blog!

Confira a seleção de 7 coisas que aprendi nesses 1 ano e 5 meses e adorei. Algumas vieram para esclarecer dúvidas que me rondavam há tempos, e outras me fizeram mudar hábitos na cozinha para sempre. Para saber mais sobre cada uma delas, basta clicar no título:

1. DIFERENÇA ENTRE OVOS DE GRANJA, CAIPIRA E ORGÂNICOS.
Sempre tive essa dúvida, até que resolvi pesquisar a fundo a resposta e nasceu esse post. Depois disso, passei a comprar apenas ovos caipiras ou orgânicos (esses últimos quando o preço não está impraticável).

2. DIFERENÇA ENTRE OS QUEIJOS ROQUEFORT E GORGONZOLA
.
Um dos posts mais acessados do Santo Menu – sinal de que muita gente não sabe diferenciar essas duas maravilhas. Se você é uma dessas pessoas, clique aqui e confira!.

3. TUDO SOBRE TÁBUAS DE CORTE.
Junto com o post dos queijos, está entre os mais acessados. Clique e descubra tudo o que você precisa saber sobre as tábuas de corte – de madeira, bambu, vidro, polietileno, como higienizá-las corretamente e mais…

santomenu-tabuasdecorte4

4. APRENDI A PREPARAR LEGUMES ASSADOS PERFEITOS.
Um post que reune 10 dicas de ouro que vão fazer você querer preparar legumes no forno todos os dias.

5. OS TIPOS DE COGUMELOS.
Aprendi as diferenças entre os tipos de cogumelos e como higienizá-los.

santomenu-cogumelos

6. APRENDI O QUE É MISE EN PLACE, e que eu já fazia sem saber! Super importante, pode parecer frescura mas otimiza o tempo de preparo de cada receita.

santomenu-miseenplace6

7. E esclareci, com minha amiga nutricionista Kika, MITOS E VERDADES SOBRE A CARNE DE PORCO. Passei a comer lombo assado e picanha suína sem qualquer preocupação.

Foram tantos os aprendizados que já tenho uma lista de outros 7 para um próximo post!

POSTS RELACIONADOS


Dez dicas para os legumes assados ficarem perfeitos

Dia a dia, Legume, Livros de culinária, Receitas, Tudo Mais
21/10/15

Legumes assados é um acompanhamento que não tem muito erro, mas se você seguir essas dez dicas (quase todas aprendi no Cozinha Prática), o sucesso pode ser muito maior:

1) Preaquecer o forno sempre, e assar em temperatura média (tipo 200 graus);

2) Cortar os legumes em pedaços uniformes – não é frescura, só assim todos assam por igual e evita de um pedaço fininho queimar enquanto outro mais grosso fica cru;

santomenu-cenourasassadas2

3) Lambuzar os legumes com azeite (espalhar com as mãos é a melhor pedida);

4) Respeitar o tempo de forno de cada legume. Alguns, como brócolis, assam bem rápido. Outros, tipo abóbora, demoram mais. Se colocar os dois juntos, pode ficar um cru e o outro queimado;

5) Temperos dão um toque a mais: algumas ervas frescas podem ser misturadas junto com os legumes pois adoram forno (alecrim, tomilho, sálvia), mas cuidado que algumas outras queimam fácil e não ficam tão boas quando assadas. Ouse nos condimentos (pimenta-do-reino, canela, cominho, páprica).

Sálvia é super pouco usada por aqui, mas fica uma delícia com abóbora, por exemplo. Tem que bezuntar bem no azeite para não queimar no forno:

santomenu-aboborajaponesa1
Batatas combinam muito bem com alecrim:

santo menu batata com alecrim

6) Alho: distribuir pela assadeira alguns dentes, com casca mesmo. Depois você tira a casca e come, ficam deliciosos, derretem na boca;

7) Essa regra é fundamental: nunca amonte os legumes. Disponha na assadeira de forma que não encostem um no outro. Um espacinho entre eles garante que o ar circule e assem por igual, ficando crocantes;

8) Na metade do tempo, dê uma mexida e vire os legumes com uma pinça;

Abóbora bezuntada no azeite e cominho, alecrim por cima (se fosse hoje, eu teria dividido essa quantidade em duas assadeiras, para garantir o segredo número 7 acima):
santomenu-aboborajaponesa4

9) Alguns legumes, como as batatas, podem ser levemente cozidas antes de ir para o forno. Aí é bom secar bem com um papel toalha antes de lambuzar no azeite. Veja essa receita de batatas com alecrim.

10) A melhor assadeira para assar legumes (que no Rio chamam de tabuleiro, mas ainda não acostumei) é antiaderente e mais rasa, para o ar circular melhor entre cada pedaço, como essas, que usei nessa receita de cenouras assadas:

santomenu-cenourasassadas3
Todos as receitas que já fiz foram antes de conhecer esses segredos. Tenho certeza que a partir de agora meus legumes assados vão ficar bem melhores!

POSTS RELACIONADOS